sábado, 20 de junho de 2015

Dilma terá de esclarecer 13 irregularidades ao TCU



A presidente Dilma Rousseff terá de se explicar sobre 13 indícios de irregularidades em suas contas de 2014, segundo o acórdão aprovado por unanimidade no plenário do Tribunal de Contas da União (TCU).  As contas de Dilma não estão em condições de ser apreciadas, em razão da grande quantidade de irregularidades, o que será comunicado ao Congresso Nacional. A presidente terá 30 dias para apresentar as explicações sobre “pedaladas” fiscais; ausência de contingenciamento de recursos num ano eleitoral; omissão de dívidas no balanço; pagamento de despesas do Minha Casa Minha Vida com adiantamentos do FGTS; e mais nove indícios de irregularidades cuja responsabilidade direta foi atribuída a Dilma pelo TCU.
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivo do blog

NÃO LISTA

Contato