quinta-feira, 10 de março de 2016

Gerson Peres é abandonado pelo Partido Progressista (PP)


O Partido Progressista (PP) base do governo do PT,  traiu e destituiu o ex-deputado Gerson Peres. Será que o PP aposentou o ilustre Gerson Peres?

Gerson foi pego de surpresa ao tomar conhecimento de que a direção do Partido Progressista, no Pará, fora entregue aos irmãos Salame: João Salame e Beto Salame, respectivamente prefeito de Marabá e deputado federal.

Gerson teria sido comunicado, no final da tarde de quarta-feira, 9, pelo próprio presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira, da decisão de entregar o comando da legenda para o deputado federal marabaense, quem queria o partido era o deputado federal Chapadinha (PSD) mas pelo jeito ficou quem ficou do lado de Dilma foi Beto Salame.

“O Gerson ficou muito abatido, alegando ter carregado até hoje o partido nas costas, no Pará, para ter um desfecho de abandono. Porque é assim que ele se sente agora, abandonado”, comentam seus aliados.

Haverá algumas mudanças no cenário cametaense, o SENAI provavelmente sairá das mãos de Gerson e Emanuel Lobo poderá migrar para outro partido.

O deputado federal Beto Salame, disse ao blog do Hiroshi que, o doutor Gerson é uma pessoa íntegra, que merece todo nosso respeito, e assim será tratado, com todo respeito. O comando nacional do PP entende haver necessidade de renovação de seus quadros em todo o país, passando ao nosso grupo a responsabilidade para realizar esse trabalho.

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivo do blog

NÃO LISTA

Contato