domingo, 6 de março de 2016

Iracio abandonou as crianças do Mola

A situação de quem precisa estudar no município de Cametá não é nada boa. Na cidade e interior, muitas escolas encontram-se em estado deplorável e algumas estão até fechadas.


Comandada pelo prefeito Iracy Nunes, Cametá recebeu em 2015 mais de R$ 52 milhões do governo federal destinados à educação segundo o portal da transparência, mas nada parece ter sido investido no setor.

A comunidade quilombola do Mola encontra-se no total abandono, se isso não bastasse a comunidade sofre pela proliferação de morcegos na região.

A escola do quilombo esta tomada pelo mato, a meses os alunos não sabem o que é merenda escolar, a escola não possui nenhum tipo de saneamento básico para nossas crianças. Se não fosse a comunidade também faltaria água potável. Transporte escolar só sabe que existem pela TV.



A escola funciona até a 4ª serie e só possui uma professora para dezenas de alunos, a professora é tudo na unidade, de diretora a cozinheira. Quando os alunos terminam os seus estudos muitos tem que sair daqui e ir para o Juaba, pois não temos transporte escolar, por isso a vila não possui jovens e esta acabando nossa historia afirma do Durvalina moradora do quilombo.

A prefeitura da Cametá só para o transporte pelo PNADE/MEC em 2015 segundo o portal de transparência foi mais de R$ 2 milhões e a moléstia de transporte escolar é visto em todo município de Cametá, principalmente nas ilhas.

È triste ver nossas crianças estudando nessa escola cheia de mato, morcego e comboia (cobra) diz seu Moia.
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivo do blog

NÃO LISTA

Contato