quarta-feira, 28 de junho de 2017

CÂMARA DENUNCIA PREFEITO DE CAMETÁ AO MINISTÉRIO PÚBLICO


Na seção desta ultima quarta-feira (28) os vereadores de Cametá aprovaram o requerimento que denuncia o Prefeito Waldoli Valente ao Ministério Publico Estadual e Federal, a denúncia trata-se da falta e precariedade do transporte escola em todo o município. Os vereadores da base do prefeito tentaram de todas as formas a não aprovação do requerimento que é de autoria do Vereador Ivan Tavares (PCdoB).

Se comprovada a denuncia o prefeito em exercício responderá mais um processo de improbidade administrativa por mau uso de dinheiro público.

Segundo o portal de transparência do governo federal, são milhões de reais que já foram devidamente depositados nas contas do município desde o dia três de março deste ano, a Secretaria de Educação e o prefeito não resolveram a problemática que envolvem milhares de crianças e famílias que dependem do transporte para ir à escola. Muitas crianças estão deixando a escola, devido a falta de transporte e merenda escolar, a evasão e o baixo rendimento escolar será os maiores dos últimos anos.

Essa não é a primeira denúncia deste ano envolvendo a prefeitura, existem mais dois processos um deles o MP denunciou Waldoli Valente visando ao restabelecimento do serviço de transporte escolar para os alunos da rede municipal que estudam na localidade de Anuerá, ante notícias de que estes estão sendo prejudicados por constantes interrupções desse serviço.

O Ministério Público requisitou as informações junto a SEMED sobre a denuncia, e obteve como resposta que o transporte seria normalizado a partir de 04 de maio de 2017, porém nada foi feito.

O Ministério Público pleiteou concessão de liminar no sentido de ser determinado ao município o fornecimento imediato de transporte escolar integral, gratuito, contínuo, eficiente e seguro a todos os alunos do município matriculados na rede municipal de ensino, sob pena de multa de 10 mil reais por dia de descumprimento revertida ao Fundo Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente. 
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

NÃO LISTA

Contato