terça-feira, 4 de julho de 2017

CAMETÁ E MOCAJUBA PRODUZIRÃO GRÃOS NO PARÁ


Cametá será contemplada também com área para produção de grãos no Pará, precisamente nos distritos de Porto Grande, Areião e Vila do Carmo segundo estudo da FAEPA, a região do baixo Tocantins tem a segunda melhor área para produção de grãos do Pará aponta pesquisa, a proporção contempla parte do Município de Cametá e Igarapé-Miri, mas as maiores porções de terras ficam nas áreas de Mocajuba, Baião, Moju e Tailândia.



Em Tailândia já existe o projeto, e esta bem adiantado em relação aos outros municípios, e será polo da nova região agrícola, Tailândia e Mocajuba serão os municípios que mais se beneficiaram com o projeto.

 Em Cametá e Mocajuba a APABAT já se organiza para o projeto, as vilas de Porto Grande e Vila do Carmo terá subsede da ASSOCIAÇÃO, afirma Pedro Chaves coordenador da Associação dos Pescadores e Agricultores do Baixo Tocantins (APABAT).

Cametá ganhará investimento para produção de grãos no Pará, o distrito de Porto Grande irá receber um polo da APABAT (Associação de Pescadores e Agricultores do Baixo Tocantins).

A criação do quarto Polo de produção de grãos de Tailândia, onde o município de Cametá faz parte através do distrito de Porto Grande e Areião.

Para o município de Mocajuba será um grande avanço e deverá ser a cidade polo na margem do Rio Tocantins, já que é a única cidade do Baixo Tocantins que tem recebido total a poio da prefeitura.
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

NÃO LISTA

Contato