domingo, 9 de setembro de 2018

QUEM SÃO OS CANDIDATOS A DEPUTADO DE CAMETÁ



Cametá, a Perola do Tocantins este ano eleitoral se destaca pelo número expressivo de candidatos a deputados estaduais da terra, são aproximadamente nove, de variados partidos políticos e ideologias, no Pará são no total 681 candidatos de todos os partidos ao cargo de Deputado Estadual nas Eleições. Os candidatos irão disputar os votos dos 90 mil eleitores no município, os nomes mais conhecidos que concorrem ao pleito de deputado estadual em Cametá:

1.   GERSON PERES (PMN) – Coligação (PPS/PRTB/PMN) - O partido de Gerson está coligado com o também candidato de Cametá Romarinho (PRTB), ambos terão que disputar os votos do município, para se eleger em sua coligação, Gerson Peres precisa ter aproximadamente 20 Mil votos, sua coligação poderá fazer 2 deputados estaduais. Os nomes mais fortes que concorrem as vagas são 6:  Gerson Peres (PMN), Orlando Lobato (PMN), Rosiel Costa (PMN), Thiago Araújo (PPS), Didi (PRTB) e Romarinho (PRTB).

2.   Romarinho (PRTB) - Coligação (PPS/PRTB/PMN) - O partido de Romarinho está coligado com o também candidato de Cametá Gerson Peres (PMN), ambos terão que disputar os votos do município, para se eleger em sua coligação, Romarinho precisa ter aproximadamente 20 Mil votos, sua coligação poderá fazer até 2 deputados estaduais. Os nomes mais fortes que concorrem as vagas são 6:  Gerson Peres (PMN), Orlando Lobato (PMN), Rosiel Costa (PMN), Thiago Araújo (PPS), Didi (PRTB) e Romarinho (PRTB).

3.   Ivan Tavares (PRB) - Coligação (PRB/PMB) - O partido Republicano Brasileiro, vem de chapa cheia, o candidato Ivan Tavares vem por sua chapa só em Cametá, para se eleger em sua coligação, Ivan Tavares (PRB) precisa ter aproximadamente de 15 a 20 Mil votos, sua coligação poderá fazer 2 deputados e talvez 1 na sobra, totalizando 3 deputados estaduais. Os nomes mais fortes que concorrem as vagas são 7:  Fabio Freitas (PRB), Ivan Tavares (PRB), Professora Nilce (PRB), Rosivaldo (PRB), Eliane Bezerra (PRB), Derly Rodrigues (PRB) e Sofia Couto (PRB).

4.   Haroldo Martins (DEM) - Coligação (PSDB/DEM/PDT/PRP) – a coligação esta muito concorrida e provavelmente muito difícil para reeleger Dr. Haroldo Martins, o candidato vem por sua chapa só em Cametá, para se eleger em sua coligação, o atual deputado precisa ter aproximadamente mais de 25 Mil votos, sua coligação poderá fazer 4 deputados e talvez um na sobra, totalizando 5 deputados estaduais. Os nomes mais fortes que concorrem às vagas são 15:  Fernando Coimbra (PRP), Adriano Coelho (PDT), Junior Hage (PDT), Miro Sanova (PDT), Eliel Faustino (DEM), Haroldo Martins (DEM), Hilton Aguiar (DEM), Alexandre Von (PSDB), Cilene Couto (PSDB), Ana Cunha (PSDB), Dr. Daniel (PSDB), Luth Ribeiro (PSDB), Milton Campos (PSDB), Sancler (PSDB) e Vitor Dias (PSDB).

5.    Vitor Casiano (MDB) - Coligação (MDB/DC/PSD) – a coligação esta muito concorrida e provavelmente muito difícil para eleger Vitor Cassiano (MDB), o candidato vem por sua chapa só em Cametá, porém terá que passar os caciques do MDB para se eleger em sua coligação, o atual deputado precisa ter aproximadamente mais de 30 Mil votos, sua coligação poderá fazer 8 deputados e talvez um na sobra, totalizando 9 deputados estaduais. Os nomes mais fortes que concorrem às vagas são 17: Coronel Neil (PSD), Gustavo Seffer (PSD), Michele Begot (PSD), Sgt Silvano (PSD), Americo Leal (MDB), Antonio Rocha (MDB), Alberto Maia (MDB), Chamozinho (MDB), Chicão (MDB), Dr. Wanderlan (MDB), Iran Lima (MDB), Jefferson Lima (MDB), Martinho Carmona (MDB), Ozorio Juvenil (MDB), Paulo Titan (MDB), Prof. Maneschy (MDB), Scaff (MDB).

6.   Zé Francisco (PSB) - Coligação (PSB) - O partido de Zé Francisco é o Partido de Cassio Andrade, para se eleger em sua coligação, Zé Francisco precisa ter aproximadamente mais de 50 Mil votos, sua coligação poderá fazer 1 ou nenhum deputados estaduais.

7.   ZELÃO (PV) - Coligação (REDE/PV) - O partido Verde esta coligado com o REDE de Marina Silva, Zelão precisa ter aproximadamente mais de 60 Mil votos, sua coligação talvez não faça nenhum deputado estadual.

8.   Professor Andre (PT) - Coligação (PT) - O partido do Professor André, para se eleger matematicamente o candidato precisa ter aproximadamente mais de 30 Mil votos, sua coligação poderá fazer de 2 a 3 deputados estaduais. Os nomes mais fortes são; Regina Barata (PT), Bordalo (PT), Dirceu Caten (PT) e Alfredo Costa.

9.   Professor Vinicius (PT) - Coligação (PT) - O partido do Professor Vinicius matematicamente precisa ter aproximadamente mais de 30 Mil votos, sua coligação poderá fazer de 2 a 3 deputados estaduais. Os nomes mais fortes são; Regina Barata (PT), Bordalo (PT), Dirceu Caten (PT) e Alfredo Costa (PT).

O deputado estadual tem a tarefa de fiscalizar os atos dos governadores e secretários de Estado e de legislar em âmbito estadual. O parlamentar pode propor ou revogar leis que estejam em vigor, desde que não invada a competência da União e dos municípios.

As Assembleias Legislativas podem criar impostos estaduais, alterar a organização da Polícia Civil, Defensoria Pública e Ministério Público estaduais, delimitar regiões metropolitanas e autorizar a alienação de imóveis do Estado, por exemplo.

Assim como na Câmara dos Deputados, os projetos de lei podem ser votados em comissões temáticas nas Assembleias Legislativas.
Também é função dos deputados estaduais fiscalizar as contas dos Governos. Além disso, são estes parlamentares quem definem o valor dos salários dos governadores.

As Assembleias Legislativas ainda podem determinar a abertura de Comissões Parlamentares de Inquérito, para apurar denúncias ou eventuais desvios. Os deputados podem convocar secretários de Estado e até mesmo reitores de universidades estaduais para prestar esclarecimentos.

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

NÃO LISTA

Contato