terça-feira, 13 de novembro de 2018

MUITOS CAMETAENSES NÃO CONSEGUEM PAGAR CONTA DE ENERGIA


Pesquisa aponta que 80% dos consumidores paraenses entrevistados estão endividados, segundo a Federação do Comércio. Estudo realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) em todo o Brasil revela que quatro em cada dez brasileiros inadimplentes (55%) não têm condições de pagar suas dívidas atrasadas em um intervalo de até três meses, em Cametá a inadimplência é significativa, a  energia chega já em média 35% da despesa de uma família no município.



"Eu não sei como faço todo mês, pago o atrasado e fica a conta mais nova, não posso ficar sem energia, já tenho duas negociações e quando vem corta minha luz e tenho que parcelar novamente, vendo açaí em meu estabelecimento preciso de energia”. afirma seu André  morador do Bairro novo. 

O povo de Cametá sofre pela alta do preço da energia elétrica, muitos optam para o "gato" (furto de energia), o que parece vantajoso para quem se utiliza desse recurso, na verdade é crime previsto em lei no artigo 155 do Código Penal. Embora seja crime muitos consumidores preferem correr o risco, pois alegam que não possuem renda para pagar a conta, a energia elétrica dos cametaenses é uma das mais altas das américas. "Minha energia era taxa, luz para todos, pagava R$ 38,  agora minha conta veio 253,46 e esta atrasada , se cortarem minha luz não vou ficar se ela." revela seu Zé do Juaba, que alega que não tem condições de pagar sua energia.

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivo do blog

NÃO LISTA

Contato