terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

GOVERNO DA DINAMARCA ESTUDA DAR DUAS MULHERES PARA CADA HOMEM PARA MORAR NA GROELÂNDIA

A história existe ainda que muitos digam que são rumores, mas é o sonho de muitos ou de poucos corajosos.

O governo da Dinamarca que administra o território da Groenlândia estuda povoar a imensa região repleta de gelo, o governo poderá oferecer duas mulheres para cada homem que queiram se mudar para ir à ilha, isso mesmo você não leu errado, a intenção do governo local é de repovoar o território para garantir sua soberania, o local segundo estudos, é rico em petróleo e minerais submerso no gelo, quase 80% da Groelândia é coberta de gelo, daí a necessidade segundo especialistas que o homem venha dormir com duas ou mais mulheres devido o frio, elas serviriam não apenas para procriar, como também para aquecer a cama, o problema não é a quantidade de mulheres e nem de pretendentes que poderão ser candidatar e sim o excesso de frio quase impossível de se viver.

A Groelândia é um território que falta homens.


Segundo o site “hipercuriosos”, a Groelândia fica em terceiro lugar no ranking de lugar que falta homens, esse numero pode chegar de 12 mulheres para cada homem.
governo não confirma oficialmente a ideia, mas ela existe extraoficial, pois os dinamarqueses ainda que acostumados com o frio não desejam tal proeza. Entretanto, existe a possibilidade, haja vista que esse lugar, há poucas pessoas habitando, o governo precisa manter de forma geoestratégica o domínio da região, que é cobiçada por muitos países, outro fator relevante é que os europeus, cada vez mais estão tendo menos filhos.
Em alguns países do norte europeu, a média não chega a 1 filhos por casal, e o governo incentiva em politicas publicas o nascimento de crianças.
Se formos pesquisar sobre o tema, e incrívelmente em mais de 50 países é legal ter várias esposas. Em outros 20, a poligamia não está nas leis, mas é culturalmente aceita, principalmente na África e oriente médio.
O site boatos.org também investigou o assunto, concluiu que também era boato ainda que a estória tenha logica, a estória é muito parecida com a que a Islândia pagaria até 15 mil dólares para quem casar-se com uma islandesa. A Islândia é considerada o país mais avançado do mundo no que se refere a paridade de gênero, segundo o The Global Gender Gap Report, do Fórum Econômico Mundial. O Brasil aparece na 79º posição do ranking de 144 países.
Então, não custa nada para os brasileiros sonhar em ir morar na Groenlândia e ainda poder se casar com duas mulheres.
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivo do blog

NÃO LISTA

Contato