segunda-feira, 13 de julho de 2015

FBI diz que Brasil vendeu Copa de 2014


Uma recente matéria produzida pelo jornalista Gunther Schweitzer, revela que o Brasil teria vendido a Copa do Mundo para a Fifa. Um dossiê que afirma a venda foi divulgado contendo informações que levaram o FBI a fazer a denuncia. O documento explicaria a frase do jogador Thiago Silva, "Se as pessoas soubessem o que aconteceu na Copa do Mundo de 2014, ficariam enojadas!".
O país inteiro ficou abalado depois de assistir a incrível derrota que a seleção canarinho sofreu. Rádios e jornais de todo o páis, e principalmente a revista VEJA, já estão investigando o caso, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos, o escândalo deve sair na mídia.
Às 08:00 da manhã do dia 4 de Julho, horas antes do jogo contra a Colômbia pelas quartas de final da copa do mundo de 2014, os jogadores titulares da seleção brasileira foram avisados em uma reunião pelo então Presidente Sr. José Maria Marin, que estava na presença do representante da patrocinadora Nike, Sr. Ronald Rhovald. Segundo Gunther, os jogadores reservas permaneceram em total isolamento, em seus quartos no hotel.
No inicio os jogadores questionaram a proposta e se recusaram a trocar o hexa-campeonato por um grande valor em dinheiro. O acordo só foi fechado após o pagamento do prêmio de US$70.000,00 para cada jogador, fora um bônus que incluía Felipão e membros da comissão técnica. Cerca de US$ 23.000.000,00 vinte e três milhões de dólares foram pagos pela empresa Nike.
Diante disso, Neymar se recusou a jogar, perdendo a titularidade para o jogador Bernard. Depois de passar pela Colômbia, o Brasil chegou as semifinais, e o que seria um simples problema nas costas, foi transformado em quebra de vértebra. A situação de Neymar só foi resolvida após o representante da Nike ameaçar retirar seu patrocínio vitalício, avaliado em mais de US$90.000.000,00 (noventa milhões de dólares) ao longo de sua carreira.
Após os jogadores titulares terem acertado a venda da Copa para Fifa, uma tragédia estava a caminho. A ideia era da seleção brasileira perder nas cobranças de pênaltis, porém  o desânimo que os jogadores apresentaram dentro de campo resultou num péssimo futebol, e a seleção Alemã, que nada tinha haver com esse esquema da Fifa, em poucos minutos marcasse os primeiros gols no time brasileiro.
O Sr. Joseph Blatter, presidente da Fifa, agradeceu a equipe brasileira, e parabenizou o time alemão, pois num momento de crise em que a Alemanha registrava, com o crescimento da xenofobia e o nazismo, a conquista do mundial veio em boa hora. Já supostas declarações de Ricardo Teixeira, afirmariam que a seleção brasileira teria o caminho facilitado para o hexa campeonato em 2018.

Matéria: http://folhaeditada.blogspot.com.br
Texto: Wendel Faro

Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivo do blog

NÃO LISTA

Contato