quarta-feira, 22 de junho de 2016

Cametaenses bloquearam ontem a PA 151 e prometem fechar novamente


Moradores do distrito de Curuçambaba também fizeram uma manifestação ontem (21) e bloquearam a PA 457 e a PA 151.

Havia também ontem outro bloqueio nas a proximidades do trevo do Carapajó ainda na PA 151, onde moradores cobravam da prefeitura de Cametá a mobilidade das vicinais de vila de Porto Grande e Bom Jardim.

A PA 457 é a estrada que liga o trevo para a vila de Curuçambaba, os manifestantes também fecharam a estrada estadual a PA 151 que liga Belém há quase todas as cidades e vilas do Baixo-Tocantins. Eles protestavam por melhores condições da via da vila que se encontra em péssimas condições, a PA 457 é de jurisdição do estado, por se tratar de uma rodovia estadual. Os manifestantes do Curuçambaba cobram de governo do Estado do Pará mais segurança e trafegabilidade na estrada e na região, pois a estrada se tornou uma estrada assassina, na estrada já ocorreram dezenas de assaltos a caminhões de mercadoria, motos e veículos particulares só neste bimestre. Segundo populares a partir das 18 horas não é possível trafegar pela via. O povo também cobrou do governador a construção das duas pontes que estão em condições precárias e podem a qualquer momento de desabarem.

No outro ponto do abacatinho no trevo do Carapajó moradores de Porto Grande, Carapajó e Bom Jardim estavam revoltados, queriam uma posição por parte do poder publico, pois desistiram de recorrer ao poder municipal pra solucionar a trafegabilidade das vicinais de competência da Prefeitura de Cametá.

O bloqueio gerou transtornos para os motoristas, mas na frente no trevo do abacatinho próximo da entrada do Carapajó ainda na PA 151 também estava bloqueada. Em média dois mil veículos passam diariamente na PA 151 que dá acesso na região aos municípios de Cametá, Mocajuba, Baião e na quase cidade vila do Carmo do Tocantins.
Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Arquivo do blog

NÃO LISTA

Contato